December 19, 2018

Acerca da necessidade

Indústrias de ovo da UE sob ameaça.

Os ovos são um alimento de base e são consumidos em toda a Europa, dando origem a um mercado amplo e importante. Particularmente, os Países Baixos que foram recentemente os líderes em capacidade exportadora e o Reino Unido e a Espanha que são produtores-chave de ovos na Europa. Contudo, a indústria está sob pressão. Para além de terem de competir com um alimento perecível, frágil e com uma variabilidade natural, os produtores de ovos enfrentam agora os preços crescentes das matérias-primas, o aumento substancial dos requisitos legislativos em matéria ambiental e de bem-estar das aves e distribuidores cada vez mais exigentes. Os maiores custos, as alterações nas estruturas de mercado e a concorrência global provocaram um declínio relativo do sector avícola. Entre os 10 principais produtores, apenas a Espanha e os Países Baixos aumentaram a sua produção entre 2006 – 2007 (EEPA).

Este declínio afecta maioritariamente os pequenos e médios produtores e transformadores que, por sua vez, afectam o resto da cadeia de valor.

Necessidade de formação em conhecimentos e competências específicos do sector

Este assunto está amplamente documentado nos fóruns internacionais da indústria do ovo (eggindustry-digital.com; wattpoultry.com;eepa.info) e foi validado pelo Momentum Marketing’s TNA da Indústria Irlandesa do Ovo (2007) que revelou que:

a)      A alteração das estruturas de mercado e das normas nacionais/UE requer um conhecimento específico da indústria em profundidade de forma a poder competir;

b)      A maior parte das pessoas que trabalham na indústria do ovo possui competências baseadas na agricultura, mas carecem de informação e conhecimentos actuais sobre negócios.

 

Para além disso, após consulta com as organizações homólogas europeias, tornou-se evidente que estas necessidades são transnacionais.