December 19, 2018

4.4 Gestão de Crises

Todas as empresas do setor alimentar deveriam ter um plano escrito para o caso de se verificarem circunstâncias em que ocorra um problema na empresa. Eventos infelizes irão ocorrer na vida da maioria das organizações. Nós sabemos que uma crise pode ter um forte impacto negativo.

O planeamento de contingência é essencial no setor dos ovos:

  • Preparando para as crises previsíveis e quantificáveis
  • Preparando para acontecimentos inesperados e indesejáveis

O objetivo é o de minimizar o impacto de um acontecimento previsível e planear a forma como a organização irá retomar as operações normais após a crise. O planeamento da ocorrência de uma crise é muito importante. È aconselhável que..

  • Prepare uma lista de crises prováveis (e improváveis) que possam afetar o seu negócio
  • Classifique as crises por ordem
  • Elabore um Plano de Crise que considere

 

 

 

O seu plano de gestão de crise necessita assim de prever

  • A resposta a um acontecimento súbito que represente uma ameaça significativa para a empresa
  • A limitação dos danos
  • A seleção de um individuo e de uma equipa para lidar com a crise
  • A resolução de uma crise

 

 

Planos de Contingência

O plano de contingência:

  • Identifica linhas de ação alternativas que podem ser tomadas se as circunstâncias mudarem ao longo do tempo
  • Especifica os procedimentos de manutenção para permitir a continuação das atividades e serviços essenciais durante o período de emergência
  • Inclui um plano para melhorar o negócio a longo prazo, logo que a situação imediata esteja resolvida

Etapas da elaboração de um plano de contingência

  • Reconhecer a necessidade de efetuar planeamento de contingências
  • Identificar possíveis contingências – todos os possíveis cenários adversos e de crise
  • Especificar as consequencias prováveis
  • Avaliar o grau de risco para cada eventualidade
  • Estabelecer uma estratégia face ao risco para evitar uma crise e para lidar com uma crise caso esta ocorra
  • Conceber o plano e identificar responsabilidades
  • Simular crises e a operacionalização de cada plano

Existem duas abordagens  gerais para a gestão destes acontecimentos

(1) Tentar que não se repitam

(2)  Atenuar ou suavizar o imapcto da crise quando ela ocorrer..

  • Lidar com a publicidade negativa
  • Limitação de danos
  • Enfrentar as más notícias
  • Gerir a crise
  • Correções

 

Medidas a tomar ….

  • Designar uma única pessoa para falar sobre a crise com o mundo exterior. Este deverá ser um porta-voz experiente. Nomeie ainda um porta-voz de substituição.
  • Preparação e ensaio para as crises
  • Conheça os meios de comunicação e informe-os. Emita comunicados de imprensa, curtos e factuais. Restrinja-se aos factos e não especule, corrija imprecisões.
  • Atue para prevenir ou conter a disseminação de informações negativas
  • Possua materiais de reserva prontos a disponibilizar – dossiers de imprensa, vídeo clips
  • Limite os danos
    • Informe os superiores
    • Informe os colaboradores

Informe as principais autoridades locais e outras partes interessadas, por exemplo, a comunidades local, os fornecedores, etc, a partir de uma lista pré-estabelecida

Considere publicitar para agradecer às pessoas pela sua ajuda e simpatia, para corrigir/projetar a impressão desejada, para associar um rosto à organização.

A empresa Dole Fruit partilhou a sua abordagem..

http://www.slideshare.net/smithlj2/dole-crisis-plan